Candidatura do Campo de Concentração do Tarrafal deve ser tratado a nivel da CPLP, Filipe Zau

29 de abril de 2022

A+ A-

O Ministro da Cultura, Turismo e Ambiente de Angola defendeu o aprofundamento do dossier de candidatura do Campo de Concentração do Tarrafal de Santiago, onde estiveram presos políticos anticolonialistas dos países de língua portuguesa.

Um processo, que deve ser tratado sobretudo no âmbito da CPLP, defende Filipe de Pina Zau, que manifestou também o interesse do seu país em beber da experiência de Cabo Verde no turismo e na dessalinização de água, tendo em conta o processo de desertificação em Angola com epicentro na região de Moçamedes, no sudoeste daquele país lusófono.

O governante angolano falava aos jornalistas, após uma audiência com o Chefe de Estado, José Maria Neves, em representação do Presidente da República de Angola, João Lourenço, para participar nas celebrações do Centenário e Dia do Município de São Filipe.

 

RTC Online, com RCV

Artigos Relacionados