BADEA garante 16 milhões de dólares para projetos das bacias hidrográficas

03 de setembro de 2021

Barragem Saquinho, Santa Catarina de Santiago
A+ A-

Cabo Verde já tem garantia de financiamento de 16 milhões de dólares do Banco Árabe para o Desenvolvimento em África, BADEA, para os projetos das bacias hidrográficas nas ilhas cabo-verdianas de Santiago, Santo Antão e Boa Vista. 

BADEA anunciou hoje tratar-se de um projeto do Governo de Cabo Verde orçado em 36 milhões de dólares em que garante 46 por cento dessa verba através de um empréstimo concessional, cujo acordo foi assinado esta semana.

Para o ministro das finanças Olavo Correia, após muitas negociações Cabo Verde conseguiu esse empréstimo em condições favoráveis o que vai ser um alívio para o tesouro publico principalmente neste momento de crise.

Um dos propósitos destes projetos é contribuir para que Cabo Verde atinge as metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, até 2030.

Olavo Correia adianta que o referido projeto permitirá a dinamização e valorização das bacias hidrográficas da Ribeira São João Baptista, Santiago, Ribeira Grande, Santo Antão e Ribeira Calhau, Boa Vista irá contribuir para a erradicação da fome e da pobreza extrema no país.

Os outros restantes 20 milhões serão financiados pelo Fundo de Desenvolvimento da Arábia Saudita e o Governo cabo-verdiano.



Artigos Relacionados