Senegal x Cabo Verde: o 1º contra o 14º de África. Tubarões querem anular Leões no seu habitat

08 de julho de 2021

Último confronto entre as duas seleções em 2017, no Estadio Nacional (0-2)
A+ A-

Hoje é mais um dia de jogo para os Tubarões Azuis. Setenta e duas horas depois da histórica vitória diante do combinado olímpico do Brasil, a seleção nacional tem mais um teste de elevado nível de exigência. Cabo Verde joga com o Senegal, equipa que há já algum tempo lidera o ranking do futebol africano.

O jogo é logo mais às 18h00 de Cabo Verde, 19h00 no Senegal, e acontece no estádio Lat Dior, na cidade de Thies.

Ontem, à noite, Bubista e restante equipa técnica ministraram o treino de adaptação ao relvado e à luz artificial do estádio palco do jogo.

Antes, na conferência de imprensa de antevisão, o selecionador nacional começou por afastar a euforia que se viveu em torno da vitória sobre o Brasil, dizendo que “já faz parte do passado.”

O Senegal há muito tempo que vem liderando o ranking das melhores seleções africanas. Tem na equipa algumas estrelas do futebol mundial. Bubista quer, acima de tudo, que os jogadores desfrutem desse jogo.

Quanto à equipa que deverá alinhar de início, o selecionador nacional admite a possibilidade de fazer alterações, até para gerir o esforço dos últimos dias

O médio Marco Soares, que não esteve na partida com o Brasil, na Sérvia, deverá ser um dos chamados para o onze inicial desta terça-feira. O capitão dos Tubarões Azuis diz que Cabo Verde tem de ter “tranquilidade e equilíbrio emocional” para enfrentar, com sucesso, o Senegal

Se Marco é o mais antigo na seleção, Cláudio Tavares é um dos estreantes na convocatória e diz já sentir a confiança que os companheiros transmitem.

O duelo entre Senegal e Cabo Verde coloca frente a frente o 1º e o 14ºclassificados no ranking africano de seleções.

Benvindo Neves / RCV



Artigos Relacionados