Raly Cabral e a convocatória: “Ser chamado à seleção é realização de um sonho de infância”

28 de maio de 2021

Raly Cabral Barros estreia-se na convocatória dos Tubarões Azuis
A+ A-

O avançado Raly Cabral Barros, do Leioa da Segunda Divisão B da Espanha, é uma das novidades na convocatória para o triplo compromisso dos Tubarões Azuis, em junho.

Nascido na Espanha em 1997, o jogador que é filho de mãe da ilha do Fogo e pai da Ribeira Grande de Santo Antão, diz estar orgulhoso com a oportunidade de representar a terra dos pais.

Em declarações a Rádio de Cabo Verde, Raly garantiu que a chamada do Mister Bubista é para ele a realização de um sonho.

"É um orgulho enorme para mim, uma satisfação ser chamado pelo mister. É um sonho de muitos anos, desde pequeno que sonhava ter a oportunidade de vestir a camisola da seleção de Cabo Verde. Estou agradecido e sinto-me um prililegiado por estar na convocatória."

Raly avança que quer aproveitar a oportunidade para desfrutar “com alegria” e mostrar ao selecionador nacional que pode contar com ele.

"Minhas expectativas são desfrutar e aproveitar da oportunidade. Quero aproveitar com alegria e com felicidade porque, afinal, é algo muito bonito. Por isso, quero desfrutar quer dentro quer fora do campo e espero que venha a ser uma bonita experiência e, sobretudo, retribuir a confiança que me foi dada pelo selecionador. Quero ter muito boas sensações dentro do campo."

O avançado Raly Cabral Barros é um dos quatro estreantes na convocatória de Bubista, divulgada esta quinta-feira para os amigáveis com Brasil Olímpico, Guiné-Bissau e Senegal.

As outras caras novas são João Correia, do Desportivo de Chaves, Alexis Gonçalves do Châteauroux, de França e o guarda-redes Sixten Joaquim Mohlin, que joga na Suécia.

Marcos Fonseca, RCV



Programação

Ainda esta Semana

Últimos Vídeos

Últimos Áudios

Artigos Relacionados