Caso Filú e Nina: Diretor Nacional da PJ aponta o caso similar da criança inglesa Maddie MCcann

13 de maio de 2021

Os dois primos, Filú com 11 anos na altura e Nina de 9 anos, do Bairro de Castelão na Praia, desapareceram desde 3 fevereiro de 2018
A+ A-

O Diretor Nacional da PJ, desdramatiza o facto de até esta não se ter tido esclarecimentos sobre o caso do desaparecimento dos menores de idade, Filú e Nina. A título de exemplo, António Sousa aponta o caso similar da criança inglesa Maddie MCcann, por desvendar, depois de 14 anos.

O responsável da polícia científica assegura, que o caso de Nina e Filú, que desapareceram sem deixar rasto depois que saíram de casa, em Achada Limpa, onde se encontravam na companhia da avó, para irem comprar açúcar numa localidade próxima, não foi posto de lado pela instituição, apesar das várias áreas a que tem que dar cobertura e da natureza desse trabalho.

Quanto aos testes de paternidade, ou seja, para comprovar que um determinado indivíduo é pai biológico de uma criança, o director nacional da PJ, adianta, que está-se a proceder à recolha de amostras biológicas que serão enviadas ao Instituto de Medicina Legal de Portugal para o efeito. António Sousa garante, entretanto, que dentro de dias, chega de fora do país, um técnico para concertar o equipamento, que sofreu uma avaria, e que permite realizar os testes em Cabo Verde. 

O Diretor Nacional da Polícia Judiciária adianta também, que a Covid-19 e à já habitual dificuldade em se reunir sempre o pretenso pai, a criança e a mãe, para obtenção das três amostras necessárias, têm complicado dificultado a recolha de amostras.



Artigos Relacionados