PAICV questiona origem de tantos meios para campanha luxuosa do MPD

15 de abril de 2021

Rui Semedo, Vice-presidente do PAICV
A+ A-

O PAICV, Partido Africano da Independência de Cabo Verde,  retomou o caso do alegado envolvimento do Governo com a extrema direita xenófoba, como foi noticiado por órgãos de comunicação social estrangeiros no ano passado. Rui Semedo foi porta-voz de um comunicado em que o partido pede esclarecimentos sobre a origem dos meios para a campanha luxuosa do MPD.

Sublinhando dados sobre financiamentos obscuros a partidos políticos da mesma família e ideologia liberal.

Rui Semedo relembra a nomeação de cidadão português radicado nos EUA para as funções de cônsul honorário de Cabo Verde em Miami. Personalidade que financia a extrema direita em Portugal.

O PAICV pede esclarecimentos sobre a origem dos meios para a campanha abastada do MPD.



Artigos Relacionados