Embaixadora de Angola visita Casa Manuela Irgher, em Santa Cruz

12 de março de 2021

A+ A-

Casa Manuela Irgher, em Santa Cruz, atravessa um período de dificuldades devido a pandemia Covid-19, uma realidade que a embaixadora de Angola quer conhecer, a visita de Júlia de Assunção Machado é guiada pela gestora da casa que acolhe mães solteiras.

Destinada a acolher e capacitar,durante o período de um ano, jovens mães solteiras no município de Santa Cruzem situação de vulnerabilidade, a Casa Manuela Irgher tem neste momento três mães residentes.

Desde novembro do ano passado que a demanda de mulheres à procura de apoio tem aumentado, devido a pandemia, situação que também tem condicionado os fundos vindos da Itália, segundo a gestora da Casa Manuela Irgher, Cristina Melo.

A par das dificuldades, a Casa Manuela Irgher tem capacitado mulheres em gestão de negócios e outras áreas que as permitam ter autonomia. Cristina Melo assegura ainda que a visita que recebem hoje da Embaixadora de Angola é um estímulo para essas jovens mulheres.

Casa Manuela Irgher, em Santa Cruz, recebe hoje a partir das 11 horas uma vista da Embaixadora de Angola em Cabo Verde, que vai estar naquele município para se inteirar das suas potencialidades. Acompanhada do edil santacruzense a Júlia de Assunção Machado vai visitar também, as tendas El Shaddai e a Barragem de Figueira Gorda.



Artigos Relacionados