Inquérito Afrosondagem: "Governo deve restringir a partilha de notícias ou informações falsas"

05 de março de 2021

A+ A-

A maioria dos cabo-verdianos, 75%, defende que o Governo deve restringir a partilha de notícias ou informações falsas, uma das conclusões do subtema mídia nas redes sociais que integra o último estudo sobre qualidade de democracia e boa governaçãorealizado com base em inquéritos feitos em dezembro de 2019 pela Afrobarómetro em parceria com a Afrosondagem.

José Semedo, Diretor-geral da Afrosondagem, realça que 89% dos cabo-verdianos conhecem as redes sociais, 77% concordam que as pessoas ficam mais informadas.

O livre de acesso à internet e às redes sociais é visto pela maioria dos cabo-verdianos como um direito que deve ser protegido mesmo consciente dos eventuais malefícios como a exposição às notícias falsas. 

 

Oiça a notícia com as declarações de José Semedo, Diretor-geral da Afrosondagem