Dia Mundial do Doente: Hospital Agostinho Neto vai investir na melhoria da política da humanização de saúde

12 de fevereiro de 2021

A+ A-

Cinco milhões de escudos, é o montante que o Hospital Agostinho Neto, na Praia, vai investir na melhoria da política da humanização de saúde. Um anúncio feito hoje pelo presidente do Conselho da Administração do estabelecimento.

Em comemoração ao Dia Mundial do Doente, Imadueno Cabral anunciou ainda a intenção do hospital em reforçar o papel da família no processo de institucionalização da terapia familiar.

O Hospital vai também apostar na formação das  famílias, preparando-as para estarem no interior das estruturas de saúde.

Um conjunto de anúncios feito por Imadueno Cabral, no dia em que  a pediatria do Hospital Agostinho Neto recebeu de uma instituição financeira internacional,  sediada na em Cabo Verde,  um parque infantil devidamente equipado. Uma infra-estrutura que, para a diretora desta especialidade, Neusa Carvalho, é essencial no tratamento das crianças e no bem-estar da família.A necessidade de a Pediatria ter um parque infantil é justifica por Neusa Carvalho  com o facto de o internamento de uma criança ser, muitas vezes, muito longo.

O Dia Mundial do Doente, recorde-se, foi criado há 29 anos por sugestão do Papa João Paulo Segundo,  com o propósito de chamar a atenção para a importância de apoiar os doentes na suas necessidades.

Reportagem RCV com jornalista Carlos Moniz