Notícias

DESPORTO ADAPTADO: Flávio Gonçalves, o papa-medalhas, anuncia que vai deixar de competir em 2019


06 Dez 2018 Desporto

Já ganhou tantas medalhas que não sabe onde colocá-las.

Falamos de Flávio Gonçalves é um dos atletas paralímpicos mais conceituados de Cabo Verde. Já ganhou 120 medalhas, 10 das quais em competições internacionais.

Depois de tanto sucesso, Flávio já decidiu que vai deixar de competir no próximo ano. O atleta, de 37 anos, diz que toma a decisão porque não tem sido fácil conciliar toda a actividade desportiva com a sua actividade profissional.

Flávio Gonçalves, que tem deficiência nos membros inferiores, leva uma intensa actividade desportiva e é, também, um dos principais rostos da Associação Mon na Roda. Os dias deste atleta paralímpico são intensos.

Flavio Gonçalves vai deixar a competição, mas não abandonará o desporto. Aliás, diz, tem a responsabilidade de continuar a ajudar os mais jovens atletas paralímpicos.

Na semana passada, Flávio Gonçalves participou, pela oitava vez consecutiva, no campeonato nacional de Desporto paralímpico, que foi realizado na Cidade da Praia e disse ter sido um dos melhores até agora realizados.

Quem também participou nesse campeonato foi a aleta Neusa Garcia, no levantamento de pesos. Neusa, que também tem deficiência motora, já leva 4 anos no desporto adatpado e conta que inicialmente teve resistência em praticar.

Neusa garante que vai continuar no Desporto paralímpico até quando as forças lhe permitirem. Mas reconhece que não é facil. Aliás, por conta de uma lesão, no campeonato deste ano, os resultados ficaram aquém do que já tinha conseguido em edições anteriores.

Excertos do programa Antena Desportiva, da RCV, que ontem debateu o Desporto Paralímpico em Cabo Verde, tendo como pano de fundo a oitava edição do CANADEP, Campeonato Nacional de Desporto paralímpico.



Reportagem RCV


Relacionados

Comentários

Pesquisar







Newsletter